terça-feira, 23 de maio de 2017

BELO AMADO




Meu Amor , hoje o Sol te entristeceu,
quisera poder alegrar-te com pelo menos um verso meu.
Encontra-te em tua memória
e reconhece-te na beleza de toda tua verdadeira História...

Desde o início já nasceste encantado,
brilhavas feito Astro e eras por todos muito amado.
Com o tempo foste crescendo
e teu encanto foi ao mundo inteiro aparecendo.

Tua graça e magia
trazia o suspiro de toda donzela que te conhecia.
Tanto era teu sorriso arrebatador
que conquistaste tua amada com o mais infinito e Eterno Amor.

No mundo dos gigantes materiais,
soubeste conservar a grandeza dos Universos espirituais.
Às vezes assustados com tua Luz radiante a lhes ofuscar,
ferem-te inseguros de que tua melodia a eles possa desnudar.

Sofres também, e esta é a tua dor fatal,
que muito poderias melhorar a toda conspiração do mal.
Sentes que nem tudo é o paraíso que tua infância queria
e isso amortece a Esperança Anil de teu dia a dia.

Não vejas tua vida pela moldura de um simples retrato,
lê-a na História sempre encantada de um Lobato.
Acredita que se o vilão hoje está a te aborrecer,
amanhã será a porta para tua inevitável Vitória Florescer.

Poema de Della Coelho
Imagem: google.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário