sábado, 20 de maio de 2017

HIPOCRISIA EM NOME DO BEM!!!



Pode mesmo ser melhor viver uma vida hipócrita com a justificativa de algo nobre???
Isso é impossível!!!
Ontem conversava com uma amiga e falávamos que às vezes “dizer a verdade é burrice!”. Pode até ser!!! Há situações em que é melhor se calar, omitir alguma informação ou até mentir levemente para não criar situações constrangedoras. Pensei em uma opinião religiosa, como exemplo disso! Provavelmente muitos Espíritas ou budistas mintam sua religião ao falar com algum fanático religioso, por exemplo- isso para evitar constrangimentos que possam vir a sofrer.
É condenável essa atitude?  Na verdade , ela não é da nossa conta, a menos que a pessoa que minta sejamos nós mesmos!!! A questão é esta, quem somos nós para recriminarmos ou não alguém?! Seríamos egoístas e orgulhosos! Não cabe a ninguém mais a tarefa de julgamento que a de Deus. Hoje penso exatamente assim: se vejo alguém julgar alguém – por mais leve que seja- tenho certeza absoluta de que essa pessoa não compreende o que é ser filho de Deus. Pois foi o próprio Jesus quem disse: "Não queirais julgar, para que não sejais julgados, pois com o juízo com que julgardes, sereis julgados, e, com a medida com que medirdes, vos medirão também a vós." (Mateus, 7:1-2)
Mas para que , então, essa reflexão? Para avaliarmos nossos atos e nossa própria vida!!! Pois cabe simplesmente a nós as escolhas, a ninguém mais.
Foi através da reflexão e do sofrimento que aprendi muitas coisas, o que mais tem me ensinado nesses últimos tempos foi a maternidade. Como mãe, amiga, filha, ex-esposa, professora tenho podido conhecer diversos casos e refletir melhor sobre se é mesmo possível afirmar que uma vida hipócrita deve ser vivida por uma boa causa.
MENTIRA!! MENTIRA!!! MENTIRA!!! Não existe boa causa na hipocrisia, existe COVARDIA de enfrentar a realidade e se firmar em busca da felicidade!!!
O que somos é covarde na hora de enfrentar a sociedade, a família quando não estamos felizes com uma situação acomodada e isso, com certeza, nos trará infelicidade, insatisfação e frustração.
Como a maioria dos casamentos, quantos casais que não fizeram uma escolha errada e hoje vivem infelizes em nome dos filhos! Jogam a culpa de sua vidinha medíocre, porque viver na hipocrisia é mediocridade, em cima de um amor pelos filhos e não percebem que estão ensinando a eles o pior dos ensinamentos: ARTIFICIALIDADE.
Já vivi um casamento de aparência e sei do que estou falando. Não amava meu marido e vivi com ele por dois anos e meio!!! Muitos dirão: “ Só isso? Pra uma casamento é muito pouco!”
São TRINTA meses , NOVECENTOS E DOZE DIAS de mentira. Isso é pouco? Uma hora infeliz por minha culpa já é muito pra mim!!!
Foi então que eu comecei a perceber que não era justo comigo, com ele e muito menos com meus filhos!!! Foi muito difícil enfrentar meus pais, a sociedade religiosa, a sociedade em geral!!!
Mas é claro que valeu a pena, a VERDADE SEMPRE VALE A PENA, PORQUE DEUS É VERDADE!!!
Percebi que o tempo que eu estava com meu ex-marido fingindo ser uma família feliz e estruturada , eu o estava impedindo de realmente viver um amor verdadeiro e de ser feliz. ISSO É UMA CAUSA NOBRE????!!! Só se for no país do artificialismo!!!
Felizmente, se acordamos para a realidade e buscamos realmente a Verdade, o universo passa a conspirar a nosso favor e os caminhos tornam-se mais fáceis com o passar dos dias, porque nada é melhor do que sermos autênticos!!!
Alguns fanáticos religiosos, com um medo irracional da punição eterna, condenam-se a uma vida infernal sem compreenderem que um Deus que os queira infelizes não pode ser o Deus pregado por Nosso Senhor Jesus Cristo, um Deus misericordioso que conhece e valoriza o coração de cada um. Seu filho Jesus nos ensinou que para entrarmos no Reino de Deus devemos ter um coração de criança.
E será que ninguém parou para refletir o que isso significa??? Se vivemos uma vida “querendo entrar no Reino de Deus”, devemos refletir como um todo no ensinamento do Filho de Deus, não é verdade???
Ser criança é ser espontâneo, é ser incapaz de ir ao colo de alguém e fazer um carinho se realmente não amarmos aquela pessoa. É chorar quando estamos perto de alguém que não queríamos estar, é chorar de saudade de alguém amado. É SER INCAPAZ DE MENTIR !!!
Não estou defendendo a irresponsabilidade. Muitos casais sabem que os filhos dependem deles , que a esposa ou o esposo precisa de apoio financeiro , emocional. Para isso não é necessário viver um casamento de fachada!!! Com certeza um apoio vindo da sinceridade valerá futuramente muito mais que qualquer ajuda diária feita por conveniência.
Infelizmente, muitos ainda estão aprisionados em suas próprias correntes sem perceberem que a chave de suas algemas está em suas próprias mãos.
São as nossas escolhas! Dia a dia, hora a hora, minuto a minuto dizendo SIM ou NÃO!!!
Acredito realmente que para que nossas escolhas sejam livres das convenções devemos chegar a um amadurecimento espiritual que sobressaia do orgulho e da presunção mundana. Muito difícil realmente e para isso levaremos anos e anos, tempos e tempos de vivência para atingirmos esse grau de evolução. Claro que conforme vamos experimentando o verdadeiro saber da vida- porque ser autêntico nos proporciona isso- passamos a sentir um prazer indescritível de sermos nós mesmos sem medo e sem receio.
Quero terminar este texto com esta reflexão: A única escolha realmente acertada em nossa vida, é aquela feita pelo coração e aprovada pela alma.

Texto de Della Coelho





Nenhum comentário:

Postar um comentário