terça-feira, 30 de maio de 2017

MEU MENINO



Menino-homem,
Espelho de minh `Alma,
Face de meu destino,
Felicidade de minha paga solitária...

Ah, menino!
Se pudesses conhecer a verdade de teu destino!
O caminho divino para o qual foste agraciado,
aquele que tirar-te-á as angústias de teu desesperado brado.

Em meus braços é o teu aconchego!
Queria que soubesses
que eu é que sou a face de teu arrego.
Seria mais fácil esta espera,
podias mandar um sinal – AZUL –
mesclado ao som Angelical de nossa era.

As cartas já nasceram marcadas...
cantaríamos o maior Amor deste mundo,
mas caminharíamos separados por longas jornadas.

Um dia, no entanto,
não muito longe deste presente,
uniríamos nosso canto e, enfim,
beberíamos a fonte deste ardor silente.

Mas, até que paguemos a nossos devedores,
que ensinemos ao mundo a dor dos sofredores,
sussurrarenos nosso Amor nos versos de uma poesia...
viveremos nossas aventuras nas notas de uma melodia...

E, se no dia a dia é necessário
que escondamos este nosso Eterno Amar,
basta que olhes em meus olhos e vejas
que és para sempre o Sol de meu irradiar!


Poema de Della Coelho
Imagem: google.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário