sexta-feira, 2 de junho de 2017

ACALENTO



Das angústias da farpa fugir
distanciava-se do fim fazendo
placebos para esta vida assumir.

Tolo pensamento...
o melhor a se fazer
é enfrentar tantos tristes acontecimentos
enfraquecendo, assim, ainda mais
qualquer possível acalento.

O passar das horas
em solidão assumida
fará o sangrar antecipar
finalmente a ansiada partida.


Resta a cada gesto de sofrimento
sorrir absorvendo feliz
toda dor do momento
que é a melhor arma
para libertar-se deste tormento.

Esperança de alegria sentir já não há,
vive-se a vida à espera do dia que a findará
e a brava Luta é para que então
este Luto feliz em breve chegue neste Luar.


Poema de Della Coelho
Imagem: google.com




Nenhum comentário:

Postar um comentário